Movimento em defesa do Huerb e contra a terceirização da saúde reúne centenas de pessoas

Publicado em 06 de dezembro de 2017 às 16:17



Nem a chuva ou ameaças dos patrões foi o suficiente para conter o sentimento de revolta de servidores e usuários da saúde pública no Acre. Cerca de 500 pessoas estiveram reunidas durante boa parte da manhã desta quarta-feira (6) ou passaram pela manifestação contra a terceirização do Hospital de Urgência e Emergências de Rio Branco (Huerb).

O movimento em busca da defesa da saúde pública vai ter continuidade na próxima sexta-feira (8), a partir das 8h00, quando uma comissão de sindicatos vai ser recebida na secretária do Gabinete Civil do Governador para discutir a contratação dos aprovados nos últimos concursos.



Durante a manifestação, que se estendeu por cerca de quatro horas, foram cantados os hinos Nacional e Estadual, com o coro sendo guiado por uma emocionada presidente do Conselho Municipal de Saúde, Alesta Amâncio. Ela é também diretora do Sintesac.

População e servidores unidos em defesa do SUS

A população presente se mostrou revoltada com o caos na saúde e muitos dos usuários do hospital fizeram questão de se manifestar contra o governo do Estado por este entregar o Huerb para uma instituição privada. 



Vários representantes dos servidores em saúde dos municípios de Senador Guiomard, Sena Madureira e Brasileia estiveram presentes. A proporção entre usuários e servidores foi quase igual. 

Como o evento se estendeu por toda a manhã, muitas pessoas estiveram no local, registraram o seus protestos e depois seguiram para os seus afazeres diários.  A reprovação ao ato do governo do Estado de terceirizar os serviços de saúde para uma empresa privada foi uma unanimidade entre todas pessoas presentes. 

Presidente do Sintesac pede para manter o alerta

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac), Adailton Cruz, comemorou a grande presença de pessoas, mesmo com as fortes chuvas que caíram sobre Rio Branco nos últimos dias: “Mesmo com a chuva a população e os servidores atenderam ao chamamento e estiverem presentes em defesa do Huerb, primeiramente, e de todo o sistema de saúde do estado.”  

Adailton Cruz, presidente do Sintesac

O sindicalista chamou a atenção das pessoas e usou uma frase de efeito para conclamar à todos: “Pior que ação dos maus é omissão dos bons”. Adailton destacou o fato do Sintesac já ter entrado com uma Ação Civil Pública contra o governo e o processo de terceirização e precarização da saúde estadual. 

“Além disso, já encaminhamos denúncias ao Ministério Público Federal [MPF], Ministério Público do Estado do Acre [MPAC] e ao Ministério Público do Trabalho [MPT], pedindo providências destas instituições”, informou. 

Comitê em defesa do SUS e mais mobilizações

Adailton destacou ainda a formação de um Comitê de Combate a Terceirização e de Resgate ao Sistema Único de Saúde (SUS) acreano. O comitê já conta os Conselhos Estadual e Municipal de Saúde, sindicatos e está aberto a quem mais queira acompanhar e ajudar a mobilizar. 

“Na próxima sexta-feira o Sintesac, Spate, Sindiconam, Sindfac, Sinodonto, Sindimed, Coren-AC, e todas as demais entidades estão convidados a estarem, juntos, às 8h00, na casa Civil do Governo do Estado, para lutarmos pela convocação dos aprovados no concurso público e ainda não chamados”. Com essas palavras, Adailton agradeceu a presença de todos.